Dicas de Português – PORQUE, PORQUÊ, POR QUE, POR QUÊ

Diferença dos PORQUESVeja diversas dicas de português elaboradas pelo Prof. Márcio Wesley e erros mais comuns no uso dos “PORQUEs“.

Uso dos PORQUE, PORQUÊ, POR QUE, POR QUÊ:

DICA I:
A dica é escrever primeiro o sentido. Escreveu? Então observe quantas palavras. Se o sentido for só uma palavra, escreva só uma (porque). Se o sentido forem duas ou mais palavras, então escreva duas palavras (por que). Veja:

A chuva parou, POIS a frente fria passou. (Note que é uma palavra só: POIS.) Então: A chuva parou, PORQUE a frente fria passou.

Não me disseram POR QUAL MOTIVO a chuva parou. (Note que são três palavras.) Então: Não me disseram POR QUE a chuva parou.

DICA II:
O acento pode se dar pela tonicidade natural do fim da oração. O melhor é verificar a pontuação. Primeiro passo: escrever o sentido; ver que tem mais de uma palavra. Segundo passo: antes de pontuação, acentuar. Veja:

A chuva parou e não me disseram POR QUAL MOTIVO. (Mais de uma palavra; e veja a pontuação.) Então: A chuva parou e não me disseram POR QUÊ.

Não me disseram POR QUAL MOTIVO, mas a chuva parou. (Mais de uma palavra; e veja a vírgula.) Então: Não me disseram POR QUÊ, mas a chuva parou.

DICA III:
O substantivo é acompanhado de artigo, numeral ou pronome. E como palavra oxítona, será acentuado com final “e”. Veja:

Existem quatro PORQUÊS. (Repare o numeral “quatro” acompanhando o substantivo oxítono.)

Este PORQUÊ explica tudo. (Note agora o pronome “este” acompanhando o substantivo oxítono.)

POR QUE TANTO PORQUÊ? (Observe o pronome indefinido “tanto” junto do substantivo oxítono. E note a pergunta: POR QUAL MOTIVO tanto porquê?

Pronto! Agora é caprichar nas provas!

fonte: Prof. Márcio Wesley

Avalie
2 Comments

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *