Como criar uma rotina de estudos eficaz

/
/
Artigo

Você deve ouvir muito por aí a importância de sair da rotina, não é verdade? De que a rotina é algo chato. Já deve até ter ouvido casais que se separam e o motivo é "porque eles caíram na rotina". Mas afinal de contas, a rotina é algo tão ruim assim?

A verdade é que quando falamos de estudos, a rotina não só não é ruim, como extremamente necessária. Quando falamos de rotina de estudos, estamos falando de regras a serem seguidas baseadas em métodos.

A partir do momento que você tem uma rotina de estudos bem definida, baseada em um planejamento bem feito, você tem muito mais chances de estudar de forma mais eficiente. E esse ponto é ignorado por muitos.

Se prepare como um atleta 

Para mostrar como é importante você ter um planejamento de estudos eficaz eu vou te dar um exemplo. Certamente você acompanhou as Olimpíadas que ocorreram no Brasil. Deve ter notado como a diferença entre os atletas que conquistavam a medalha de ouro para aqueles que voltavam para casa de mão abanando era ínfima. Muitas vezes apenas centésimos de segundo, dependendo do esporte.

Nos concursos também é assim. A diferença entre uma aprovação e uma reprovação é mínima. Pode ser por uma ou duas questões. Por isso você deve ter uma rotina de estudos muito bem planejada. Ou você acha que algum atleta olímpico treina apenas quando tem vontade?

Eu trago comigo uma frase de Albert Einstein: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.” Por isso, se você realmente quer ser aprovado em um concurso público, busque um diferencial, faça algo diferente da maioria dos seus concorrentes.

Montando sua rotina de estudos 

O primeiro passo para você montar sua rotina de estudos é saber quanto tempo você tem disponível. Se você “só” estuda, você deve buscar montar sua rotina baseada no tempo de trabalho comum. Ou seja, você deve estudar de seis a oito horas diárias.

Para aqueles que trabalham e estudam, o tempo é um bem ainda mais precioso e, por isso, deve ser ainda melhor aproveitado. Isso é até algo muito comum que acontece. Os estudantes que trabalham, quando estão estudando ficam muito mais focados, pois sabem que o tempo disponível para os estudos é escasso e não pode ser desperdiçado. Enquanto isso, os que somente estudam acabam muitas vezes procrastinando ou não mantendo muito foco.

Independente de qual seja sua situação, o que você deve fazer é organizar o seu tempo da melhor maneira possível.

Muita gente faz cursinho, onde esse tempo já está predefinido e organizado e você não precisa se preocupar com ele.

Independente de você fazer cursinho ou não, haverá momentos em que você vai estudar sozinho e é nessa hora que você precisa de uma rotina. Para ajudá-lo, vou mostrar dois métodos bastante conhecidos e difundidos por concurseiros para a criação de uma rotina de estudos.

Quadro horário 

Essa é uma ótima forma de você se organizar e alocar o seu tempo da melhor forma possível. Basicamente você vai ter uma planilha em que vai distribuir todas as suas atividades diárias. Desde o horário que você acorda até quando você vai dormir. É importante que você defina quais são as matérias que você vai estudar naquele dia e quanto tempo vai dedicar para cada uma.

Nesse quadro horário você não deve colocar somente períodos de estudo. Deixe um tempo para fazer alguma atividade de lazer e principalmente um exercício físico.

Isso vai te ajudar a melhorar o seu desempenho, pois você não é um robô e, por isso, tem suas limitações. Se você lutar contra elas pode até conseguir vence-las por um período, mas ao custo de um desgaste muito grande e uma queda absurda na sua qualidade de vida.

Esse cronograma serve tanto para aqueles que apenas estudam, como para os que trabalham.

É importante que você siga a ordem dos estudos e cumpra o tempo indicado para cada matéria. Do contrário, todo esse cronograma não vai valer de nada. A rotina só gera valor quando é cumprida com disciplina.

Voltando ao exemplo dos atletas, a virtude principal que eles precisam possuir é a disciplina.

Ciclo de estudos 

Acontece com muita gente de tentar colocar em prática o quadro horário de estudos, mas devido às atividades diárias acabam não conseguindo cumprir à risca o que foi proposto.

Muita gente tem uma rotina imprevisível e, com isso, o quadro horário acaba se tornando insustentável.

Para você que tem uma rotina assim, uma boa solução é o ciclo de estudos. A partir dele você vai criar um ciclo com as matérias que você precisa estudar dentro de uma semana ou dentro de um dia.

É importante que você coloque matérias variando estilos e conteúdos totalmente diferentes em seu ciclo. Ou seja, após estudar uma matéria, a próxima será sobre um assunto que nada tem a ver com o último. Dessa forma o seu cérebro vai assimilar melhor os conteúdos.

A vantagem do ciclo de estudos é que você não tem tanta rigidez. Por exemplo, se você estava estudando uma matéria e teve que sair para um compromisso, você vai voltar a estudar de onde parou. Se você tinha colocado como tempo de estudos 1 hora e tinha cumprido somente 30 minutos até o momento, quando você voltar a estudar cumprirá os 30 minutos restantes daquela matéria.

O ciclo lhe ajuda a não ficar focado somente em uma matéria por muito tempo e também evita um problema muito comum que são aqueles estudantes que somente estudam os assuntos que gostam e, por isso, acabam tendo uma queda de desempenho.

Por exemplo, se você estiver estudando através do quadro horário pode acontecer de surgir um imprevisto e você não poder estudar determinada matéria. Nesse método você só volta a ver aquele assunto daqui uma semana. No método de ciclos você não deixa nenhuma matéria para trás.

As duas formas de estudar possuem grandes resultados e você pode testa-las e ver qual se adapta melhor à sua vida. Eu, particularmente, me adaptei melhor ao ciclo de estudos e é a forma que eu indico para os meus alunos do coaching.

De qualquer forma você não deve abrir mão de ter uma rotina de estudos. A disciplina é fundamental, pois faz o aluno seguir à risca o roteiro programado ou, no caso do coaching, as metas propostas pelo coach.

A maioria tem a falsa impressão de que para ter bons resultados ou ter mais chances de ser aprovado é preciso permanecer muitas horas dedicadas aos estudos. Uma pessoa disciplinada tem muito mais chances de ser aprovada em um concurso.

Mais importante do que ficar um dia inteiro lendo materiais em PDF ou assistindo a vídeo aulas é a constância nos estudos.

Lembre-se: quantidade não é qualidade! Estude menos, mas estude certo!

Thiago Cabral é auditor-fiscal do Estado de Santa Catarina, coach e professor do Estratégia Concursos

Fonte

Como criar uma rotina de estudos eficaz
2.83 (56.55%) 29 votos
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • Linkedin
  • Pinterest

Deixe uma resposta